Aumenta a rotatividade nas empresas

Nos Estados Unidos, quase metade dos profissionais que mudaram de emprego no último ano querem trocar de empresa de novo

Ao que tudo indica, a rotatividade dos trabalhadores está se tornando uma grande dor de cabeça para as empresas americanas.

Não só cada vez mais pessoas estão se demitindo em busca de uma alternativa ao mercado corporativo, como um novo estudo mostrou que dois em cada cinco profissionais que mudaram de empresa no ano passado estão procurando emprego novamente. Os dados são de uma pesquisa da consultoria Grant Thornton, que ouviu 5 mil pessoas nos Estados Unidos.

Em entrevista à CNBC, Tim Glowa, líder do time de escuta de funcionários e serviços de capital humano da Grant Thorton, comentou que a rotatividade é reflexo da força que os trabalhadores vêm ganhando. “Agora, o poder está indo para os funcionários”, disse. “Eles que estão assumido o controle da direção”.

Se as empresas já tinham um alto custo com o turnover, o problema só tende a crescer. Agora, para aumentar a retenção dos colaboradores, será preciso, cada vez mais, investir em uma cultura organizacional atraente, uma liderança engajada e em boas práticas de qualidade de vida.

Veja outras descobertas:

40% dos que mudaram de emprego tiveram um aumento de 10% de salário 

40% dos que mudaram de empresa já estão em busca de emprego de novo

37% dizem que pediram demissão por conta do salário 

29% de todos os trabalhadores estão procurando emprego

21% dos trabalhadores mudaram de emprego nos últimos 12 meses

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.