Califórnia quer veículos zero carbono até 2035

Estado americano quer proibir venda de automóveis movidos a gasolina até 2035

A Califórnia está prestes a aprovar uma lei que prevê que, até 2035, todos os novos carros, caminhões e SUVs vendidos no estado sejam movidos a eletricidade ou hidrogênio. O plano ambicioso vai remodelar o mercado automobilístico dos EUA, acelerando a transição para uma economia zero carbono.

As pessoas ainda vão poder continuar dirigindo veículos movidos a gasolina e comprando veículos usados ​​após 2035.

O plano também prevê que um quinto das vendas após 2035 possa ser de híbridos plug-in, que podem funcionar com baterias e a gás. A medida é especialmente ousada, uma vez que a indústria do petróleo é o motor da economia de algumas partes da Califórnia e o estado é o sétimo maior produtor do combustível nos EUA.

“A crise climática tem solução se focarmos nos passos grandes e ousados necessários para conter a maré da polução de carbono”, disse o governador da Califórnia, Gavin Newsom em um pronunciamento público. “Essa é a ação que devemos levar a sério se quisermos, de fato, deixar este planeta melhor para futuras gerações”.

O fim da queima de combustíveis fósseis, ideia por trás da economia zero carbono, é essencial para frear o aquecimento global. Mas, apontam críticos, para além da proibição, as cidades precisam criar condições para essa transição, como a criação de empregos para absorver a mão de obra da indústria do petróleo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.