Síndrome do impostor pode estar relacionada ao burnout

Passar o tempo todo duvidando de si mesmo poderia contribuir para casos de burnout, dizem estudos

Cada vez mais estudos estão correlacionado a síndrome do impostor com o burnout, relata a BBC. De acordo com pesquisas, além do estresse de acreditar o tempo todo que se é uma fraude, pessoas que se sentem impostoras também acabam trabalhando mais por medo de serem “descobertas”, o que leva a um quadro de esgotamento mental e físico.

Uma pesquisa com estudantes de medicina dos EUA, por exemplo, mostrou que aqueles que tinham mais sentimentos de impostor também tendiam a demonstrar aumento nos níveis de exaustão emocional, cinismo e despersonalização, sintomas muitos semelhantes à definição de burnout da Organização Mundial da Saúde (OMS) . 

Além disso, de acordo com estudos, cerca de 70% das pessoas já passaram pela experiência de se sentirem impostoras no trabalho em pelo menos algum momento. Já uma pesquisa da plataforma Asana com 10.000 trabalhadores que lidam com informações e conhecimentos no trabalho (knowledge workers) descobriu que 42% deles acreditva já ter passado por burnout e síndrome do impostor ao mesmo tempo.

O que tudo isso indica é que evitar o burnout vai além de condições externas, como melhorar o ambiente de trabalho e o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. As próprias questões de autoimagem dos trabalhadores também precisam ser levadas em conta, afinal, elas não só contribuem para aumentar o estresse e pressão, como levam a decisões piores no dia a dia, como não dizer não mesmo quando já não é possível assumir mais responsabilidades.

A síndrome do impostor, aliás, tende a ser pior para as minorias, que sofrem com problemas de autoconfiança. Empresas precisam, além de incluir esse grupo, prover um ambiente de bem-estar psicológico e feedbacks estruturados para combater o burnout e cuidar da saúde mental das pessoas.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.