Para 64% dos profissionais de T&D, a pandemia aumentou a relevância das iniciativas de educação corporativa

Estudo do Linkedin também apontou que horas dedicadas ao treinamento e desenvolvimento de funcionários aumentaram em 2020

De acordo com um relatório do Fórum Econômico Mundial publicado em outubro do ano passado, a aceleração da automação de tarefas repetitivas e a incerteza econômica causada pela pandemia mudará a divisão do trabalho entre humanos e máquinas, fazendo com que 85 milhões de empregos sejam remodelados e 97 milhões de novos postos sejam criados até 2025.

Diante desse cenário, as iniciativas de educação corporativa se tornam uma necessidade urgente. Segundo um estudo do Linkedin, que ouviu 5.154 profissionais em 27 países, os investimentos em treinamento e desenvolvimento ganharam mais importância na pandemia. Para 64% dos profissionais de T&D as ações de aprendizagem deixaram de ser vistas como algo “bom de ser ter” para algo obrigatório.

Outros 66% deles também concordaram que as áreas de Treinamento & Desenvolvimento passaram a focar em reconstruir ou remodelar sua organização em 2021, por conta da pandemia.

De 2019 a 2020, o número de “alunos” corporativos mais do que dobrou, e a quantidade de horas dedicadas à educação dentro das empresas também aumentou em 58% mais horas por aluno.

Veja outros insights da pesquisa:

Arte/ThinkWork

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *