Brasileiros foram os que mundialmente mais sentiram o impacto da pandemia, diz pesquisa

Estudo da Kantar que mediu o impacto da pandemia em 21 países também apontou que o Brasil é um dos mais ansiosos pela chegada da vacina

O brasileiro foi o que mais sentiu os impactos da pandemia causada pela covid-19, com 77% da população afirmando que a crise sanitária afetou seu cotidiano. Pelo menos é isso que aponta uma pesquisa da Kantar, que ouviu 11.500 pessoas em 21 países.

De acordo com o estudo, 87% contraíram o vírus ou tiveram parentes e amigos próximos contaminados. É mais do que o dobro da média global – da ordem de 42% – e sete pontos percentuais à frente do segundo colocado, a Colômbia.

Deles, 16,2% tiveram Covid-19, 60,5% um parente próximo e 50,1% um amigo próximo. Globalmente esses números foram 8%, 23% e 23%, respectivamente.

Não à toa, os brasileiros são também os que mais desejam tomar a vacina no mundo. O Brasil também é líder no quesito expectativa pela vacinação. Mais de 65% afirmam que definitivamente se imunizarão e 20%, provavelmente.  Globalmente 43% responderam definitivamente sim e 27% provavelmente.

Arte | ThinkWorkLab

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.