Consumo de bebidas alcoólicas aumenta durante a pandemia

Um estudo com 2 mil americanos é a primeira prova da relação entre o estresse causado pela covid-19 e o maior consumo de álcool

O consumo de bebidas alcoólicas entre os adultos aumentou durante a pandemia. É o que indica uma pesquisa realizada com 2 mil americanos pela Escola de Saúde Pública da Universidade do Texas. O estudo é a primeira prova da relação entre o estresse causado pela covid-19 e o consumo de álcool.

Quase um terço dos participantes relataram maior consumo de bebidas alcoólicas durante a crise.

A análise mostra que os considerados “bebedores compulsivos” (no caso dos homens, os que bebiam cinco ou mais doses em duas horas; e, das mulheres, quatro ou mais) passaram a ingerir 19% a mais de álcool para cada semana de lockdown. Em termos de comparação, esse grupo consumia em média quatro drinks por ocasião, enquanto os não-compulsivos bebiam dois. Pessoas com depressão ou histórico da doença eram mais prováveis a aumentar a ingestão de álcool.

Em média, os entrevistados estavam fechados em casa há quatro semanas e passavam 21 horas por dia em sua residência, sendo que 72% não saíam para trabalhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.