Para 53% dos profissionais, home office na pandemia fez com que roupas de trabalho ficassem mais informais

Pesquisa da da Captivate apontou que tem mais pessoas indo trabalhar de moletom, jeans e até Crocs nas empresas

Depois da pandemia, todo dia é dia de casual friday nas empresas. Pelo menos é isso que aponta uma pesquisa da Captivate, empresa de vídeos, que ouviu 501 profissionais nos Estados Unidos e Canadá. Segundo o levantamento, 53% deles dizem que suas roupas de trabalho ficaram mais descontraídas, em comparação ao período antes da covid-19.

Entre as mudanças no vestuário estão o uso de Crocs, sandálias e outros sapatos abertos e até mesmo pijamas, com 20% e 7%, respectivamente, das pessoas vendo mais colegas utilizando os itens.

Nem os líderes estão isentos da tendência de roupas casuais:

  • 35% dos entrevistados relataram ter visto executivos usando mais jeans do que antes da pandemia;
  • 14% relataram ter visto executivos seniores vestindo mais camisetas do que antes;
  • 6% relatam ter visto executivos seniores vestindo mais calças de moletom do que antes.

O estudo descobriu ainda a formalidade nas roupas das pessoas varia de acordo com a região em que elas estão:

  • 1 em cada 3 profissionais em Chicago disse que o traje de trabalho se tornou mais relaxado após a pandemia.
    • As pessoas até usam shorts (42%) e camisetas (33%) no escritório (jeans chegam a 50%).
  • Mais da metade (51%) dos profissionais de Nova York que descreveram sua pré-pandemia como uma mistura de formal e casual disseram que o traje de trabalho ficou mais descontraído.
    • Para os nova-iorquinos, seus guarda-roupas são um pouco menos descontraídos do que Chicago: jeans (30%) e camisetas (30%).
  • Quase 1 em 4 (23%) dos canadenses viram pessoas usando mais roupas esportivas no escritório, em comparação com 14% dos profissionais nos EUA
  • 1 em cada 4 (26%) viu roupas mais formais no escritório.

Veja outras descobertas:

Arte | Estúdio Cosmos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *