Os funcionários desta empresa podem ser “nômades digitais” durante dois meses por ano

Iniciativa da fintech britânica Revolut permite aos seus 2 mil empregados trabalhar em qualquer lugar do mundo por até dois meses por ano

A fintech britânica Revolut lançou um programa que permite aos seus funcionários se tornarem nômades digitais. A partir de agora, os 2 mil empregados poderão trabalhar em qualquer lugar do mundo por até dois meses por ano.

Segundo o vice-presidente de RH da Revolut, Jim MacDougall, a ideia vai beneficiar principalmente os estrangeiros que, vez ou outra, querem voltar aos seus países de origem.

A iniciativa faz parte do programa de trabalho flexível implementado pela fintech desde fevereiro de 2021. Atualmente, a companhia está redesenhando todos os escritórios para criar espaços colaborativos flexíveis. A ideia é permitir que os funcionários possam escolher onde e quando querem trabalhar.

Jim também afirmou que a companhia não adotou o trabalho remoto de forma definitiva porque, segundo pesquisas internas, embora 98% dos funcionários tenham se adaptado bem ao home office, 65% deles sentiam falta do escritório.

Ainda não está claro como será o mundo do trabalho após a pandemia, mas uma coisa é certa: ele deverá ser mais flexível, principalmente em setores com escassez de mão de obra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *