20 empresas produzem 55% do lixo plástico do planeta. Uma brasileira está na lista.

A petrolífera ExxonMobil (5,9%) e a química Dow (5,6%) são as campeãs da lista. A brasileira Braskem ocupa o décimo lugar e contribui com 3% dos resíduos do planeta

Vinte empresas são responsáveis por 55% dos resíduos plásticos (e a consequente poluição causada por eles) no mundo, segundo um relatório da ONG australiana Minderoo. A petrolífera ExxonMobil (5,9%) e a química Dow (5,6%) são as campeãs da lista. A brasileira Braskem ocupa o décimo lugar e contribui com 3% dos resíduos do planeta.

O índice dos Fabricantes de Resíduos de Plásticos elaborado pela ONG é o primeiro a revelar quais são as empresas que mais produzem polímeros que se transformam em plásticos descartáveis. São objetos como canudos, embalagens, sacos plásticos, máscaras faciais e sacos plásticos.

Em comum, além de serem as maiores responsáveis por essa montanha de plástico que polui oceanos ou é queimada em aterros, está o fato de que todas atuam em especificamente dois setores: petróleo ou produtos químicos.

Onze das empresas estão sediadas na Ásia, quatro na Europa, três na América do Norte, uma na América Latina e uma no Oriente Médio. Sua produção de plástico é financiada por grandes bancos, entre os quais se destacam Barclays, HSBC, Bank of America, Citigroup e JPMorgan Chase.

A lista também revela que a Austrália lidera uma lista de países que mais geram resíduos plásticos de uso único per capita, à frente dos Estados Unidos, Coréia do Sul e Grã-Bretanha.

Em um momento em que tanto se fala de práticas ESG, empresas terão de pensar em alternativas sustentáveis se quiserem continuar relevantes e atraindo os melhores talentos.

As 20 maiores produtoras de plástico descartável

  1. A ExxonMobil – 5,9%
  2. Dow – 5,6%
  3. Sinopec – 5,3%
  4. Indorama Ventures – 4,6%
  5. Saudi Aramco – 4,3%
  6. PetroChina – 4%
  7. LyondellBasell – 3,9%
  8. Reliance Industries – 3,1%
  9. Braskem – 3%
  10. Alpek SA de CV – 2,3%
  11. Borealis – 2,2%
  12. Lotte Chemical – 2,1%
  13. Ineos – 2%
  14. Total – 1,9%
  15. Jiangsu Hailun Petrochemical – 1,6%
  16. Extremo Oriente Novo Século – 1,6%
  17. Formosa Plastics Corporation – 1,6%
  18. Grupo de Investimento em Energia da China – 1,5%
  19. PTT – 1,5%
  20. Recursos da China – 1,3%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *