A lição de inovação da Atari

Depois de dominar o mercado de videogame nos anos 1970, a companhia quase faliu. Agora, ela se reinventa e anuncia a entrada em dois novos negócios

A Atari, principal fabricante de videogames nos anos 1970, continua inovando.

A companhia vendeu o direito da marca para o grupo GSD, uma agência de inovação, e vai se tornar um centro de hospedagem, o Atari Hotel. O local seguirá o conceito gráfico dos jogos eletrônicos e terá uma série de atrações futurísticas para os visitantes.

O primeiro Atari Hotel será em Las Vegas, cidade americana famosa pelos cassinos, seguido por Phoenix, no Arizona. A expectativa é que o empreendimento também chegue a Austin, Chicago, Denver, San Francisco, San Jose e Seattle.

A inovação não para por aí. A Atari está desenvolvendo uma plataforma baseada na tecnologia de blockchain e pretende lançar sua própria criptomoeda, a Atari Token.

Criada em 1972 por Nolan Bushnell e Ted Dabney, a Atari foi pioneira no setor de jogos arcade e videogames. Em janeiro de 2013, quatro subsidiárias da empresa entraram com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos. Um mês depois, o grupo foi comprado por Frédéric Chesnais, um ex-CEO do negócio. Em dezembro daquele ano, a Atari saiu da recuperação judicial. Hoje, além de vender jogos, a companhia ganha dinheiro licenciando o uso de sua marca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.