Nasceu entre 1980 e 1985? Prazer, você é um millennial geriátrico

Especialista defende que as pessoas que nasceram de meados da década de 1980 fazem parte uma geração de transição e não podem entrar totalmente na definição de millennial

Se você nasceu entre 1980 e 1985 e nunca se encaixou na definição de millennial, nós temos uma surpresa:  você é um “velhennial”, ou millennial geriátrico. O termo tem sido usado para definir a geração de meados da década de 1980, que testemunhou a criação e a evolução da tecnologia.

São pessoas que, embora saibam muito bem utilizar redes sociais e internet, também se sentem confortáveis com formas analógicas de comunicação.

Esses profissionais vão saber identificar o subtexto de um SMS, mas também não terão dificuldade em entender a linguagem corporal em uma reunião presencial.

A expressão surgiu no final de abril em um texto publicado no Medium pela autora americana Erica Dhawan. “Eu me considero um millennial geriátrico. E deixe-me dizer a você, nós vimos coisas. Somos veteranos da internet. Sobrevivemos aos rankings de amizade do DailyBooth, Friendster e MySpace e, no entanto, aqui estamos, sentindo-nos incrivelmente competentes com a ideia de fazer um vídeo no TikTok ou um painel de discussão do Clubhouse”, escreveu Erica

A autora disse que o termo surgiu durante as mais de duas décadas de entrevistas que fez para seu livro Digital Body Language: How to Build Trust and Connection, No Matter the Distance (Linguagem Corporal Digital: Como Construir confiança e Conexão, Não Importa a Distância em tradução livre), sobre como melhorar a comunicação no ambiente de trabalho. 

Embora o texto tenha viralizado, teve muita gente que torceu o nariz para a expressão. Por conta disso, um mês depois, Erica voltou a escrever um texto sobre o tema defendendo que, diante da velocidade do avanço da tecnologia, é errado usar somente um termo para definir uma geração inteira com uma diferença de quase vinte anos entre si.

Segundo a especialista, os velhennials sabem lidar melhor com as diferenças comportamentais da geração Z, aceitam mais as mudanças (afinal, vivenciaram da internet discada ao TikTok) e podem ajudar tanto os colegas mais jovens quanto os mais velhos. 

O termo, entretanto, não foi o primeiro a ser criado para definir a geração que nasceu entre o final da década de 70 e meados dos anos 80. Há alguns anos, a expressão Xennials (uma mistura de Geração X e Millennial) também surgiu na mídia para tentar definir as diferenças entre os tão famosos millennials.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *